• Ana Carina Nunes

Como manter a alimentação saudável no inverno?


Com a chegada do frio, sente vontade de ficar debaixo do edredom ou no sofá a ver um filme e… aquela fome incontrolável sobre o desejo por alimentos mais calóricos? Além disso a prática de exercícios diminui e a probabilidade de por de parte todo o esforço para manter o peso é bastante elevada certo?

Não precisa de se sentir mal. A ciência está do seu lado: a fome exagerada no frio tem uma explicação. Os seres humanos são mamíferos e uma das características fundamentais deste grupo de animais é a manutenção da temperatura do corpo constante, no nosso caso, 36,5°C. Para isso, existem diversos mecanismos de produção e conservação deste calor, para que não seja perdido no ambiente. Quando a temperatura cai, nosso corpo necessita de intensificar o trabalho para se manter quente e continuar a funcionar correctamente. por outras palavras, precisa de energia extra....Sim, quando está frio, o organismo tem de produzir mais energia para manter a temperatura corporal adequada e isso faz com que o metabolismo aumente. Mas o aumento do gasto calórico é pequeno e não vai gerar perda de peso corporal. Além disso quando faz mais frio, a necessidade de repor água é menor que no calor, por isso reduzimos o consumo de água, sumos, frutas e saladas, mais leves, e preferimos alimentos mais quentes, calóricos e com digestão mais lenta, que proporcionam sensação de saciedade por mais tempo.

Eu sou daquelas pessoas que não gosta de frio, sou uma mulher do calor, por isso sofro muito nestes dias e tento cumprir ao máximo estas dicas para não deixar o meu corpo chegar ao ponto de já não o conseguir aquecer. Pode usar algumas dicas que lhe deixo abaixo para contornar este problema

Ingerir bebidas quentes

Bebam chás, infusões, café e sopa bem quente para activa os sensores de calor ao longo do aparelho digestivo, que dará uma sensação de aquecimento. Os mais recomendados são o chá verde, cavalinha, hibisco, dente de leão com hortelã, anis, limão siciliano e gengibre.

Comer Sopa, a grande aliada

Substituir a salada do jantar pela sopa é uma ótima alternativa para nutrir e aquecer o corpo, mas tudo depende dos ingredientes. Encontramo-la muitas vezes nos menus de inverno para nos reabastecermos de fibras, vitaminas e minerais. Os legumes contêm antioxidantes e uma quantidade de outros nutrientes que garantem a proteção das células. Desfrute para variar os prazeres entre couve, alho-poró, beterraba e cogumelos.

Adicionar alimentos termogénicos

Comer gengibre, canela e pimenta são uma forma natural de se aquecerem, com vários efeitos colaterais benéficos já que promovem um maior gasto energético ao serem processados. Além disso estimulam a circulação do sangue circular e elevam a temperatura corporal, aquecem o corpo de dentro para fora. Podem usá-lo nos chás ou directamente na comida. Vai ver que para além de aquecer, torna os seus pratos ainda mais deliciosos. Por exemplo pode comer frutas aquecidas ou assadas, como maça, banana, pêssego e abacaxi. e acrescentar canela por cima .

Adicionar Gorduras "boas"

Um motivo para a má regulação da temperatura corporal é o baixo teor de gordura corporal. A gordura é necessária para manter o calor no nosso corpo, por isso é importante a ingestão de gorduras monoinsaturadas e polinsaturadas, encontradas em alimentos como nozes, castanhas, salmão, abacate e azeite. Para os desportistas, o consumo de frutos secos é muito eficaz. Pequenos, eles transbordam de energia. Os damascos secos, bananas e figos secos, ameixas secas, passas e outras nozes, amêndoas e avelãs fazem parte dos alimentos a serem promovidos durante o período do inverno. São ricos em ácidos gordos essenciais mas também em minerais como magnésio, ferro, cobre, selênio, manganês ou zinco. Pode igualmente suplementar com cápsulas de Ómega 3 que são fantásticas para garantir essas quantidades de gorduras boas caso não consiga ingeri-las nos alimentos!

Comer Chocolate Preto ( em doses moderadas)

São conhecidas as numerosas virtudes do chocolate para combater a ansiedade, o stress ou a hipertensão arterial. Atualmente, também podemos contar com seus efeitos antitússicos. Mais uma razão para desfrutar de um quadradinho de prazer de vez em quando! Excelente remédio contra a baixa autoestima, o chocolate preto (> 70% de cacau preferencialmente) é rico em magnésio, um ativo ideal para reencontrar o tônus quando está frio.

Consumir alimentos ricos em vitamina C

Alimentos que possuem alta concentração de vitamina C têm o poder de te ajudar na prevenção de doenças infecciosas do sistema respiratório, reduz as possibilidades de anemia ao favorecer a absorção de ferro e aumenta a sua imunidade, deixando-o mais resistente às variações climáticas da estação. Além disso, a vitamina C tem ação direta na cicatrização de feridas (ajudando a combater os lábios gretados), no fortalecimento o cabelo e ajuda no bom funcionamento da circulação sanguínea.

Tomar um banho bem quente

Encha a banheira e fique de molho com água bem quente durante alguns minutos, se não tiverem banheira fique debaixo do chuveiro. Esta prática eleva a temperatura do corpo.

Após o banho, seque o corpo o mais rápido possível e vista-se antes de sair da casa de banho com pelo menos, uma blusa de mangas longas, calças e meias quentes para conseguirem reter o calor.

Fazer Sauna

Se for ao ginásio aproveite para fazer uma sessão de sauna. Com esta prática vai conseguir manter o seu corpo quente durante bastante tempo.

Portanto, tente controlar o apetite e optar sempre por alimentos saudáveis. E aviso já que isso não será fácil: a pequena elevação do metabolismo é acompanhada do aumento da sensação de fome, já que o corpo tentar uma outra forma para repor o maior gasto de energia.

#inverno #alimentaçãosaudável #termogénicos #sopa #chocolatepreto

0 visualização

© 2017 por Saudavel-mente

Todos os direitos reservados 

Site criado pela Wix.com

  • Facebook Clean Grey
  • Instagram Clean Grey