• Ana Carina Nunes

Motivação para treinar || Motivation for workout


Melhorar o nosso bem-estar é o motivo principal para praticarmos exercício físico e seguir uma alimentação equilibrada. Normalmente a aparência é algo que nos motiva facilmente, mas esse é um fator em constante mudança, especialmente à medida que envelhecemos. Parece que nos temos que esforçar o dobro, e ser ainda mais disciplinados, para obter os mesmos resultados de quando éramos mais novos. A mudança é algo que todos nós temos que aceitar, o nosso corpo está em constante mudança, por dentro e por fora, mas a sua vontade de manter o bem-estar deve manter-se sempre igual.

Mas nem sempre estamos dispostos a fazer exercício é certo. Tipicamente nunca admitimos que não queremos começar a treinar porque simplesmente não nos apetece, pois o nosso inconsciente sabe que essa é a melhor e mais saudável opção a fazer. Então temos a necessidade de encontrar uma desculpa, por mais esfarrapada que seja, para não nos sentirmos tão mal com o facto de não querermos mudar os nossos hábitos e transformar um “não quero” em “eu posso”. Ou estamos cansados, ou tivemos um dia complicado, ou não nos apetece acordar mais cedo naquele dia, ou ainda temos dores do treino de perna da semana passada,... Qualquer coisa pode servir como pretexto para não nos mexermos. A mais utilizada talvez seja a velha desculpa do “não tenho tempo, tenho uma vida muito ocupada”. Eu própria já inventei mil desculpas para não ir treinar. É normal e todos passamos por isso, principalmente no início quando ainda não tomámos verdadeiramente o gosto aos treinos.

Iniciar os treinos não é sinónimo de deixar de ter tempo livre, ou de passar a andar a correr para se conseguir fazer tudo o que se tem para fazer. E a semana também não tem apenas cinco dias, lembrem-se que existe o sábado e o domingo, ok? Além disso também não é necessário treinar 7 vezes por semana, se o vosso horário só vos permite treinar 2 ou 3 vezes por semana durante uma hora, porque não? É sempre melhor que nada. Não vão com a mentalidade de que só dois ou três treinos não é nada e que por isso mais vale estarem como estão.

Deixo-vos algumas dicas que funcionaram comigo quando comecei a trabalhar e fiquei limitada com os horários e a possibilidade de deixar de ter tempo para treinar.

1) Estabeleça prioridades

É tudo uma questão de gestão de tempo. Se se empenharem e dedicarem conseguem ter tempo para tudo. Giram as vossas prioridades em torno do vosso horário, comprometam-se e tenham força de vontade. O tempo arranja-se e cabe-nos a nós decidir o que fazemos com ele. Eu deixei de ter tempo para ir treinar a hora de almoço porque ando sempre a correr entre reuniões e o pouco tempo que me sobra nesse horário uso mesmo para almoçar. Mas nos dias mais complicado levanto-me cedo e vou treinar por volta das 7:30h no ginásio perto do trabalho para conseguir entrar no escritório às 9h. Outros dias vou ao final do dia antes de regressar a casa e em ve de me enfiar no trânsito . Outra dica é se seguirem do trabalho para o ginásio, evitem ter que parar em casa. Levem o saco e tudo o que precisam logo de manhã e sigam directamente para lá... se forem a casa primeiro vai custar mais voltar a sair.

2) Faça o planeamento no início de cada semana

É muito mais fácil não faltarem aos treinos se os tiverem previamente planeados. Planeiem quantas vezes pretendem treinar e que tipo de treinos vão fazer ao longo da semana. Independentemente se treinam 2, 3 ou 7 vezes por semana tenham os treinos apontados no respetivo dia da semana, respetivos grupos musculares que treinam nesse dia ou aulas que pretendam frequentar. Sua "rotina" de exercícios irá tornar-se "entranhada", passando a ser uma rotina como tomar banho ou lavar os dentes.

3) Lembre que o sábado e o domingo também são dias

Se têm, de facto, uma semana muito atribulada que vos deixa pouco espaço para treinar, aproveitem o fim-de-semana. Uma hora por dia não vos roubará, certamente, muito tempo e até estarão mais bem dispostos e energéticos para as atividades de fim-de-semana.

4) Contrate a ajuda de um Personal Trainer ou Frequente aulas de grupo

Se tens dúvidas em relação a como começar um programa de treino, ou se já treinas regularmente e não estás a conseguir ver resultados, então toma a decisão de te informares com um profissional e acredita que os resultados irão aparecer naturalmente.

'Ter um ‘personal trainer' é com o ter um ‘coach' sempre contigo. Alguém que a apoia, planeia, motiva e, acima de tudo, alguém que implementa de forma segura os exercícios que tenha de executar'. Normalmente, estes profissionais da área do desporto avaliam a condição física, adequam os treinos à sua disponibilidade e ainda dão conselhos nutricionais.

Por outro lado, e ainda que não seja comparável, pode sempre frequentar aulas de grupos. Estas são uma ótima forma de cumprir horários. Comprometam-se uma vez por semana a fazer determinada aula à hora x, por exemplo num dia em que tenham um horário mais apertado e só tenham aquela horinha livre.

5) Arranje um grupo de treino ou alguém que lhe faça companhia

Se tivermos alguém que não podemos deixar ficar mal vamos mesmo quando não apetece naaaaada. Inscreva-se num ginásio com amigos ou familiares — vai se sentir mais motivado. Isto vai mudar também a forma como olha para os treinos. Um recente estudo da University of Pennsylvania, nos Estados Unidos, revela que as pessoas treinam mais e melhor quando existe algum tipo de competição, ou seja, treinar em grupo é por si só mais eficaz do que treinar sozinho e juntar um pouco de desafio e orgulho à coisa pode ajudar a conseguir resultados mais notórios e mais rápidos. Também pode fazer uma aposta com a sua companhia ou com um amigo que também faz exercícios e combinarem pagar o cinema daquele que faltar menos aos treinos.

6) Vá tirando fotografias ao seu corpo

É a diferença entre o que é hoje e o que pode ser amanhã, que lhe pode servir como motivação extra para treinar. Com o passar do tempo irá começar a notar diferenças. Essas diferenças são os resultados que vão surgindo. São esses resultados, essas pequenas grandes mudanças que vão fazer com que a preguiça desapareça, ou diminua pelo menos e nos fazem não desistir e querer melhorar ainda mais. Experimente e vai sentir-se ainda mais motivado/a seguramente. A cada meta conquistada dê um presente a si mesmo/a pois realmente merece!!

Contudo, o nosso objectivo de vida tem de ser SEMPRE sermos felizes e sentirmo-nos bem connosco próprios. Se não estivermos assim só temos de arranjar uma forma de mudar isso. Se em determinado dia não lhe apetece mesmo ir treinar e esse dia não fizer qualquer diferença porque o objectivo é estar bem e equilibrado/a, não vejo problema algum em deixar de treinar esse dia. Maaaaaas, se quiser ser maior que a vossa preguiça, ir treinar é o melhor que pode fazer acredite e para sempre! Não apenas antes do verão para perder peso e caber no bikini mas durante todo o ano. Se nos exercitarmos durante todo ano, e se o mesmo fizer parte do nosso estilo de vida lhe garanto que lhe vai apetecer mesmo ir treinar!

Faça as suas escolhas, estabeleça prioridades, dedique-se e comprometa-se com os seus objetivos. Planeie tudo com antecedência e esqueça a desculpa do “não tenho tempo”. O tempo arranja-se, apenas depende da nossa disciplina e motivação. Essa sensação de “eu consigo!” é das melhores que pode ter. Dá-lhe amor-próprio, auto-estima e auto-confiança. O importante mesmo é não desistir e fazer alguma atividade física, não só para o nosso corpo mas, também, para a nossa mente. E porque a motivação também se treina, seja mais forte do que a sua melhor desculpa!

Improving our well-being is the main reason for exercising and following a balanced diet. Usually appearance is something that motivates us easily, but that is a constantly changing factor, especially as we age. It seems like we have to double up, and be even more disciplined, to get the same results as when we were younger. Change is something we all have to accept, our body is constantly changing, inside and out, but your will to maintain well-being must always remain the same.

But we are not always willing to exercise is right. We typically never admit that we do not want to start training because we just do not feel like it, because our unconscious knows that this is the best and healthiest option to make. So we need to find an excuse, no matter how ragged, to not feel so bad about not wanting to change our habits and turn a "I do not want" into "I can not." Either we're tired, or we've had a difficult day, or we do not feel like waking up earlier that day, or we still have pain in last week's leg workout ... Anything can serve as a pretext for not moving. The most used is perhaps the old excuse of "I do not have time, I have a very busy life". I've already made a thousand excuses for not going to practice. It is normal and we all go through this, especially at the beginning when we have not really enjoyed the training.

Starting training is not synonymous with giving up free time, or going running to do all you have to do. And the week also has not only five days, remember that there is Saturday and Sunday, okay? Also you do not need to train 7 times a week if your schedule only allows you to train 2 or 3 times a week for an hour, why not? It's always better than nothing. Do not go with the mentality that only two or three workouts is nothing and that's why it's better to be as they are.

I leave you with some tips that worked with me when I started working and I was limited with the schedules and the possibility of not having time to train.

1) Establish priorities It's all about time management. If you commit and dedicate you can have time for everything. Turn your priorities around your schedule, commit and have willpower. Time fixes itself and it is up to us to decide what we do with it. I stopped having time to go to lunch time training because I'm always running between meetings and the little time I have left over at that time I even use to have lunch. But on the more complicated days I get up early and I'll train around 7:30 in the gym near work to get into the office at 9:00. Other days I go at the end of the day before I go home and get into traffic. Another tip is if you follow from work to the gym, avoid having to stop at home. Take the bag and everything you need in the morning and go straight there ... if you go home first it will cost more to come out again.

2) Do the planning at the beginning of each week It is much easier not to miss training if you have them previously planned. Plan how many times you plan to train and what kind of workouts you will be doing throughout the week. Regardless of whether you train 2, 3 or 7 times a week, have the training indicated on the respective day of the week, the respective muscle groups that train on that day or classes that you wish to attend. Your "routine" of exercises will become "ingrained", becoming a routine such as bathing or brushing your teeth.

3) Remember that Saturday and Sunday are also days If you have, in fact, a very busy week that leaves you little space to train, enjoy the weekend. An hour a day will certainly not rob you of much time and will even be more willing and energetic for weekend activities.

4) Hire the help of a Personal Trainer or Attend group classes If you have questions about how to start a training program, or if you already practice regularly and are not seeing results, then make the decision to get in touch with a professional and believe that the results will come naturally. 'Having a personal trainer is with having a coach with you. Someone who supports, plans, motivates and, above all, someone who safely implements the exercises he or she has to perform. ' Normally, these sports professionals evaluate the physical condition, adapt the training to their availability and still provide nutritional advice.

On the other hand, and even if it is not comparable, you can always attend group lessons. These are a great way to meet schedules. Commit once a week to do a certain class at x hour, for example on a day when they have a tight schedule and only have that hour free.

5) Have a training group or someone to keep us company If we have someone we can not let look bad we will even when it does not feel like naaaaada. Apply to a gym with friends or family - you'll feel more motivated. This will also change the way you look at training. A recent study by the University of Pennsylvania in the United States reveals that people train more and better when there is some sort of competition, that is, group training is in itself more effective than training alone and gathering some challenge and pride to the thing can helpbetter and faster results. You can also place a bet with your company or with a friend who also exercises and combine to pay the cinema of those who lack the least training.

6) Take pictures of the your body

Is the difference between what you are today and what you can be tomorrow, that can serve as an extra motivation to train. Over time you will begin to notice differences. These differences are the emerging results. It is these results, these little big changes that will make sloth disappear, or at least decrease, and make us not give up and want to improve even more. Try it and you will feel even more motivated. With each goal achieved, give yourself a gift because it really deserves it!

However, our purpose in life must ALWAYS be to be happy and to feel good about ourselves. If we're not like that, we just have to find a way to change that. If on a given day we do not feel like going to practice and this day does not make any difference because the goal is to be well balanced, I see no problem in not training that day. Buuuuutt, if you want to be bigger than your laziness go and train is the best you can do believe and forever! Not just before the summer to lose weight and fit in the bikini but all year round. If we exercise every year, and if it is part of our lifestyle, I assure you that you will feel like training!

Make your choices, set priorities, dedicate yourself, and commit to your goals. Plan everything in advance and forget the excuse of "I do not have time". Time is arranged, it only depends on your discipline and motivation. This "I can do it!" Feeling is the best we can have. It gives us self-esteem, self-esteem and self-confidence. The important thing is not to give up and do this, not only for our body but also for our mind. And because motivation also trains, be stronger than your best excuse!

#workout #healthylifestyle #takecareofyourbody

0 visualização

© 2017 por Saudavel-mente

Todos os direitos reservados 

Site criado pela Wix.com

  • Facebook Clean Grey
  • Instagram Clean Grey